Saúde das crianças exige mais atenção no Carnaval – Frituras e embutidos podem causar intoxicação alimentar

826 Views 0 Comment

O período de Carnaval é de festas para todas as idades. Seja idoso, adulto ou criança, o clima em todo o país é de diversão e brincadeiras. No entanto, apesar de ser uma época descontraída, esse período do ano, que coincide com as altas temperaturas do verão, exige um cuidado maior com a saúde, sobretudo das crianças.

bloco_todo_menino_e_um_rei_2016-1448285788-827-e

Bloco Todo Menino é um Rei

 

De acordo com a pediatra do Hapvida Saúde, Claudia Suenia, é preciso ficar atento com a ingestão de líquidos e alimentos para evitar riscos de infecção e desidratação. “Durante o desfile, evite comprar alimentos vendidos na rua, principalmente, frituras e aqueles de fácil contaminação como presuntos, salsichas, maionese e molhos. Em relação a hidratação, não espere que as crianças peçam água, ofereça sempre. Evite refrigerantes e dê preferência aos sucos de fruta, água e água de coco”, explica.

comida

Porém, não é só com alimentação e hidratação que os pais precisam ter cuidado durante as festas, é recomendado conferir a composição química das espumas, por exemplo, para analisar se há álcool ou tóxicos, evitando, assim, alergias e ardências na pele e nos olhos.

espumaA especialista esclarece que as roupas e os sapatos das crianças também precisam ser escolhidos com cautela para prevenir incômodos e evitar problemas na pele. “Dê preferência aos tênis que não apertem os pés e sapatilhas, pois dão mais segurança e evitam o risco de quedas. Prefira roupas ou fantasias leves e confortáveis para garantir a liberdade de movimentos e a transpiração adequada, evitando brotoejas e irritações na pele”, explica.

fantasias-originais-4

Além disso, a pediatra afirma que não é aconselhável levar bebês para os blocos, pois eles podem se excitar excessivamente e ter consequências como insônia ou irritabilidade, além de serem mais suscetíveis a doenças. “Recomenda-se a idade a partir dos 12 meses, pois é a época em que a criança está dando os primeiros passos, consegue interagir e participar das brincadeiras.”

Outro ponto importante é a identificação da criança, através de uma pulseira ou um papel preso na sua roupa, contendo o seu nome, nome dos pais e telefones para contato”, finaliza Cláudia Suenia.

riokids-identificaçãocriança (1)

Depois desses cuidados é só correr pra folia!

Fonte: Darana Relações Públicas, Hapvida.

Imagens retiradas do google.

0 Comments

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.