Festival Caymmi celebra aniversário do mestre Dorival com ocupação de música e arte em Plataforma

1033 Views 0 Comment

É perto do mar que o Festival Caymmi de Músicarealiza mais uma ocupação que valoriza a nova música e as manifestações artísticas urbanas da Bahia. Depois de reunir mais de 4 mil pessoas em dois dias de programação no Passeio Público no início desse mês, o evento chega agora ao bairro de Plataforma, no Subúrbio Ferroviário. A Praça São Brás recebe o Festival nos dias 29 e 30 de abril, em um fim de semana de celebração especial: no domingo, Dorival Caymmi – inspiração maior desse projeto – completaria 103 anos. A movimentação em Plataforma vai reverberar as ondas musicais do mestre conectando música e expressões artísticas em diversas linguagens.

Para celebrar, o Festival convida a comunidade do bairro e de localidades do entorno a ocupar a praça para uma programação gratuita e aberta a todos os públicos. Além de show musical, que tem como protagonistas os novos talentos baianos – concorrentes ao Prêmio Caymmi de Música – e com participação de artistas convidados, o evento contará com atividades de bem-estar, vivências, oficinas e mostras assinadas pelo projeto #OcupaLajes e pelos coletivos artísticos ACORDA Samba, A Rua é a Voz e #MaisAmorEntreNós, além do Centro Cultural Plataforma, que já desenvolvem trabalhos importantes no bairro e em outras localidades do Subúrbio.

No palco, a homenagem ao mestre Caymmi ganha destaque com a valorização da nova música da Bahia, em shows sob direção artística de Márcio Meirelles e direção musical assinada a quatro mãos por João Milet e Ronei Jorge. No sábado (29), apresentam-se os grupos RBF – Rapaziada da Baixa Fria,

Gazumba, Skanibais e a cantora Nara Couto, concorrentes na categoria ‘Show’ ao Prêmio Caymmi de Música.

A participação especial fica por conta da cantora baiana Márcia Castro.

No dia 30 (domingo), aniversário de Caymmi, sobem ao palco os grupos Performáticos Quilombo, Africania, o cantor Filipe Lorenzo e a banda Ifá. A tarde contará com participação da cantora convidada Jadsa Castro, também representante da nova geração de artistas da Bahia. A curadoria dos shows, com a escolha dos artistas de cada apresentação, é assinada pela Comissão Julgadora do Prêmio, que à medida que assiste aos shows concorrentes define uma grade artística para os eventos.

Programação Festival Caymmi – Plataforma (Praça São Brás)

SÁBADO – 29/abril

9h – Visita Guiada ao Acervo da Laje**

10h – Exposição de artistas do Subúrbio (Coletivos #OcupaLajes e Acervo da Laje)

10h – Vivência e Roda de Samba do Subúrbio* (Coletivo A CORDA Samba de Roda)

14h – Mostra de Filmes ‘Curtas do Subúrbio’+ Bate papo* (Centro Cultural Plataforma)

15h30 – Batalha de MC’s (Coletivo A Rua é a Voz)

16h – Show | RBF – Rapaziada da Baixa Fria, Gazumba, Skanibais e Nara Couto (sáb) – Participação Márcia Castro

DOMINGO – 30/abril

9h – Visita Guiada ao Acervo da Laje**

9h – Ação de AutoCuidado #MaisAmorEntreNós* (Coletivo #MaisAmorEntreNos)

10h – Exposição de artistas do Subúrbio (Coletivos #OcupaLajes e Acervo da Laje)

13h – Oficina de Máscaras de Papelão + Pintura Facial* (por Zaca Oliveira/Coletivo #OcupaLajes)

14h – Mostra de Filmes ‘Curtas do Subúrbio’* (Centro Cultural Plataforma)

16h – Mini cortejo de Máscaras Gigantes (Coletivo #OcupaLajes e Carro Multimídia)

16h – Show | Performáticos Quilombo, Africania, Filipe Lorenzo, Ifá – Participação Jadsa Castro

*Inscrições no local, 1h antes de cada atividade. Vagas Limitadas!

**Traslado gratuito Praça – Acervo da Laje. Saída às 8h50. 15 vagas.

Serviço:

Festival Caymmi de Música

Datas: 29 e 30 de abril (sábado e domingo)

Local: Praça São Brás (Plataforma)

Atrações: RBF – Rapaziada da Baixa Fria, Gazumba, Skanibais e Nara Couto (sáb) | Performáticos Quilombo, Africania, Filipe Lorenzo, Ifá (dom)

Participações especiais: Márcia Castro (sáb) e Jadsa Castro (dom)

Horário: Atividades – a partir das 9h | Shows – 16h

ENTRADA FRANCA

0 Comments

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.