Personagens cacheadas ganham representatividade na cultura e na TV

2876 Views 0 Comment

Vocês reparam na quantidade de personagens cacheados que tem aparecido nas telinhas nesses últimos tempos? Atrizes que jamais pensei que tivesse cachos. E a opção pelos caracóis não se restringe exclusivamente á pele negra. Sabe o que eu acho disso tudo? Tô amando! Representatividade e aceitação, minha gente!

Não dá pra tapar o sol com a peneira e dizer que ninguém se inspira num personagem ou numa pessoa pública. A televisão convive conosco. Esta representatividade e identificação é muito importante, inclusive para as nossas crianças saberem que não precisa alisar o cabelo, passar chapinha para fazerem parte da sociedade. E quando vemos tantos cachos diferentes não tem como não admirar!

Sei que no fundo cada uma de nós se identifica com um tipo de cabelo do personagem, eu mesma sou fã dos cachos da advogada “Paula” da novela Babilônia, interpretada pela belíssima Sheron Menezes.

17283323

 

Já nossa editora Maiara Fernandes se inspira no cabelo da jornalista Maria Júlia, carinhosamente chamada pelos colegas de Majú. Quem diria que teríamos uma negra cacheada no Jornal Nacional?

625_315_1429177864maria_julia_coutinho_fechada

 

Andressa, a nossa Cacheadinha é apaixonada pelo cabelo de “Pata” da novela Chiquititas.

julia-olliver-pata

 

Gabriela Oliveira nossa designer confessou que sua musa inspiradora é a atriz Letícia Sabatella, ela usa e abusa dos cortes e está sempre linda!

leticia-sabatella-10

Outra que me surpreendeu foi a atriz  Malu Galli, intérprete de Irene na novela Sete Vidas, ao aparecer com as madeixas onduladas!

650x375_malu-gali-disse-que-esse-visual-foge-do-cliche-das-executivas_1523628

Não posso deixar de citar a gata da Camila Pitanga que interpreta a personagem Regina que também tá fazendo o maior sucesso na novela Babilônia.

camila-pitanga-e-regina-uma-mulher-corajosa-e-otimista-em-babilonia-1422983881077_300x420

Outra que eu não conhecia mas que me apaixonei pelos cachos assim que vi foi a personagem Maria José, vivido pela atriz Laila Garin, a mulher do prefeito Aderbal (Marcos Palmeira) em Babilônia.

lancamento-babilonia-laila-garin

 

 

Muito importante na questão da representatividade  o Projeto Raízes que traz uma série de ensaios fotográficos que celebram o cabelo da mulher negra, lançou o Projeto Identidade, exposição fotográfica que apresenta ícones populares (originalmente brancos) representados por pessoas negras. Idealizado por Noemia Oliveira e Orlando Caldeira e clicado por Guilherme Silva, o Identidade nasceu da ânsia de propor uma reflexão sobre os valores estéticos impostos na sociedade brasileira, utilizando para isto a força da imagem. A atriz a atriz Juliana Alves, também faz parte do projeto.

identidade-zupi6

 

Trata-se de um trabalho que pretende viabilizar o reconhecimento da figura negra como possibilidade potente do belo, tendo também como intuito suscitar uma ponderação sobre os danos que a “invisibilidade” do negro pode trazer para a formação de uma sociedade democrática: uma sociedade que se respeite, que se assuma e se represente em diversidade.

0 Comments

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.