ÚLTIMO DIA DO MÚSICA PRETA BAIANA TRAZ ARTISTAS CONSAGRADOS AO PELOURINHO

1331 Views 0 Comment

O último dia de Música Preto Baiana vai deixar um gostinho de quero mais, por isso vamos dançar, pular, cantar até o último minuto de festa!

O quarto e último dia de pocket shows da exposição, reunirá, na próxima quinta-feira (31.03), samba-reggae, rock brasileiro, rap, semba e axé no Casarão do Lord (Rua São Miguel, nº 07, Pelourinho), a partir das 20h. O evento é gratuito.

O cantor e percussionista Magary Lord, o anfitrião do espaço, comemora o evento e a homenagem recebida: “Estou feliz porque a Música Preta Baiana representa não só a Bahia, mas está representando aqui dentro do Pelourinho”, diz. “Sou músico, sou feliz de ter nascido na Bahia e de ser soteropolitano. Para esta quinta-feira, Magary montou um repertório com músicas que representam sua carreira e identidade musical.

magary

Bruna Barreto,  promete muito rock nacional e samba para seu pocket show. “Vou fazer Cássia Eller e outras músicas que já fazem parte da minha carreira”, diz a artista, que tem 14 anos na estrada musical. Em 2013, ela ficou conhecida nacionalmente ao participar do reality The Voice Brasil.

12920941_1055042341219406_1440017619_n

Vanessa Borges, que  também participou do programa, é outra entre as homenageadas na mostra MPB – Música Preta Baiana. Para sua apresentação, Vanessa, que comemora, em 2016, dez anos de carreira, montou um repertório com canções de Carlinhos Brown, Tincoãs, Gilberto Gil, Gerônimo, Saulo, Jorge Ben Jor, entre outros.

12910994_1055042357886071_1305046935_n

o rapper Mr. Armeng,  preparou rap com identidades da Bahia para última noite de eventos. “Vou cantar a baianidade nagô”, diz. Ele vai apresentar músicas que fazem parte do seu primeiro CD, com título homônimo a seu nome artístico, “Mr Armeng” (Sony Music, 2014) e, também, músicas novas que farão parte de um novo registro fonográfico, esperado ainda para 2016.

12910635_1055042354552738_1474411694_n

e Ailson Leite – O Homem Negro, com suas influências de black music, afro jazz e funk, vai mostrar seu trabalho autoral do CD “Rap Roots” (2012) e músicas inéditas que estarão no próximo disco “Poesia Musicada” (previsão de lançamento: 2017). Ao palco do Casarão do Lord, ele levará convidados: o grupo Quatro Preto e o cantor Sandro du Rap.

12910940_1055042344552739_1879140088_n

A exposição MPB está na segunda edição em 2016. A primeira foi em 2012. O projeto foi concebido pela fotógrafa e publicitária Débora Monteiro, que fez ensaios fotográficos com 20 músicos, entre cantores, instrumentistas, compositores e DJ, todos baianos, com trabalhos independentes e representantes da música com essências de raiz africana. Como desdobramento, foram produzidos pocket shows dos artistas sempre às quintas-feiras de março.

mpb1

mpb2

Os homenageados no projeto 2016 foram: Ailson Leite – O Homem Negro, Alan Daganja, Aloisio Menezes, Bruna Barreto, Donna Liu, Jeã de Assis, Magary Lord, Mamah Soares, Marcia Short, Marcos Costa, Marilia Sodré, Mauro Telefunksoul, Mr. Armeng, Nara Couto, Rafa Chagas, Tamires Santana, Vanessa Borges, Vanessa Melo, Verona Reis e Viviam Caroline. O projeto foi um dos vencedores, em 2015, do edital Arte em Toda Parte – Ano III, lançado pela Fundação Gregório de Mattos. A mostra entrou em cartaz no Casarão do Lord, Pelourinho, no dia 1º de março e será encerrada na próxima quinta, dia 31.

A idealizadora
debora

Débora Monteiro

A artista Débora Monteiro – Formada em Publicidade e Propaganda, começou seus trabalhos com fotografia em 2004, em princípio, como assistente no estúdio do fotógrafo Tadeu Miranda, um dos mais conceituados de Salvador. De produções de moda, ensaios fotográficos, editoriais e eventos publicitários, foi desenvolvendo técnicas, estudando sobre a área. O currículo reúne experiência com books, editoriais para impressos, eventos sociais e coorporativos, publicidade, fotografia aérea e de paisagens. Dez anos depois do início de sua carreira, Débora tornou-se também professora de fotografia. Em exposições culturais, participou de Mulheres Negras do Samba da Bahia, em 2011, e, no ano seguinte, fez a 1ª edição do projeto MPB- Música Preta Baiana, marcando a abertura da mostra nas comemorações do 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra.

SERVIÇO:

O quê: ÚLTIMO Pocket Show da Exposição Fotográfica – MPB- Música Preta Baiana, da fotógrafa Débora Monteiro – com Ailson Leite – O Homem Negro, Bruna Barreto, Vanessa Borges, Mr. Armeng e Magary Lord

Onde: Casarão do Lord – Rua São Miguel, nº 07, Pelourinho, Salvador – Bahia

Quando: 31 de março, quinta-feira, ás 20h

Quanto: gratuito

Vamos sentir saudades desse projeto maravilhoso! Aguardaremos a próxima edição.

 

0 Comments

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.